Tartelette de Ricotta e Alheira com Compota de Cebola, licor de ginja e Tâmaras



A culinária para mim é uma forma de estar, de conviver e de criar. Faço algumas receitas que vou encontrando, adapto outras mas, acima de tudo, gosto de juntar ingredientes e a partir dali pôr um prato à mesa que "nasceu" naquele dia para mimar a nossa mesa e torná-la especial.
Já fazia algum tempo que não fazia uma tarte, doce ou salgada. Aliás, nem me lembro da última vez que fiz. 
O certo é que há umas semanas atrás tinha comprado umas formas de tarte pequenas...lindas, mas os dias foram passando, fui experimentando outros pratos e as formas ainda aguardavam inauguração por esta minha cozinha. Mas ontem não lhes resisti!
Combinei uma base de massa folhada com ricotta e alheira e a acompanhar uma deliciosa compota de cebola, com tâmaras, vinho tinto e licor de ginja. A compota nasce com base numa receita que tinha encontrado há bastante tempo ao pesquisar chutneys, tendo feito as minhas alterações.
Só vos posso dizer que TÊM que experimentar, uma verdadeira delícia, entre o salgado da combinação do creme da tartalette e a riqueza, doçura e sour da compota.
Esta é uma receita que poderá servir de entrada ou prato principal, quente ou morna. Rápida de fazer, se tiver compota preparada com antecedência (reserva-se como qualquer outra compota), garanto, não desiludirão a família e convidados ao jantar em vossa casa!
Espero que gostem e que tenha valido a espera!


                                                                     
  Ingredientes (1 tarte grande ou 6 pequenas):


Compota                                                              

370g cebolas (roxa e branca)
30g azeite
50g vinagre balsâmico
90g açúcar amarelo
50g vinho tinto
25g licor de ginja (poderá usar Vinho do Porto)
1 c. sobremesa tomilho fresco
6 tâmaras s/caroço cortadas aos cubos
Sal e pimenta rosa a gosto

Recheio
1 base de massa folhada de compra 
250g ricotta
1 alheira esmigalhada
1/2 alheira cortada às rodelas
200ml natas
Tomilho a gosto (coloquei 1/2 c. chá)
Sal e pimenta a gosto
Pão ralado para polvilhar

Descasque e corte as cebolas em meias-luas fininhas.
Coloque o azeite na frigideira anti-aderente e cozinhe a cebola até esta começar a quebrar, em lume médio.
Adicione os restantes ingredientes e deixe cozinhar até o vinho e licor evaporarem e ficar com consistência de uma compota, mexendo de vez em quando para não pegar. Leva cerca de 30 min a atingir a consistência pretendida.
Pré-aqueça o forno a 180º.
Num recipiente misture o queijo ricotta, as natas e a alheira esmigalhada e tomilho. Tempere a gosto e reserve.
Para mini-tartes, com a ajuda de um cortador do tamanho das formas (usei um tupperware redondo), corte a massa em círculos.
Unte as formas de tarte com fundo amovível com desmoldante e coloque os círculos de massa folhada.
Com a 1/2 alheira cortada às rodelas faça uma cama no fundo. Depois coloque o recheio que preparou e polvilhe com pão ralado. Repita o processo para todas as formas.
Leve ao forno cerca de 30 min. a 35 min.
Sirva as tartelettes guarnecidas com a compota.
Bom apetite!








Comentários

  1. Adorei estas tartelettes! Fiquei curiosa com esta compota de cebola. beijinhos e bom fim de semana

    https://saboresdoninho.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Babei mesmo estão um espectáculo ❤ As tuas receitas bem são de comer e chorar por mais 😍 bjs

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Obrigada por visitar o blogue e pelo seu contributo. Volte sempre!

As mais vistas