Pão-de-Deus...Uma delícia irresistível!




Gostam de Pão-de-Deus? Eu adoro! Cá em casa não duram um dia inteiro.
Este é um pão, um docinho, daqueles que me faz lembrar os tempos de escola, em que o meu pai, o meu grande exemplo de vida e perseverança, os comprava na antiga padaria na rua do museu (já não existe!). Ai como sabia bem! Esses eram dias especiais! Sim, porque não se comprava Pão-de-Deus todos os dias. Hoje agradeço por isso, pois aprendi a dar valor a cada coisa, as mais simples, do dia-a-dia, tal como de uma grande conquista se tratasse.
Há já algum tempo que comecei a experimentar fazê-los e tentei umas quantas receitas, mas esta, esta conquistou-me. Arrebatou-me completamente, ao ponto que, se fechar os olhos, volto a ter 8, 9, 10 anos e o meu pai nos comprava Pão-de-Deus na antiga padaria na rua do museu.
Esta é uma receita que já fiz em modo tradicional e também adaptei para o robot de cozinha que tenho. É a receita do Cantinho do Jorge que a partilha para a Thermomix Bimby. Obrigada Jorge, pois é uma delícia!
Espero que gostem, pois quer seja simples, com queijo, manteiga ou doce são de comer e chorar por mais!




Ingredientes (cerca de 20 pães pequenos ou 14 maiores):

Massa Fermento
100g farinha T55
12g fermento seco
60g leite morno

2ª Massa
500g farinha T55
100g açúcar
100g margarina (por vezes uso manteiga)
40g leite 
130g água
Essência baunilha q.b.
10g licor (a gosto)

Topping Côco
100g côco
100g açúcar
1 ovo

1 ovo para pincelar
Açúcar em pó para polvilhar

Na Cuisine Companion
Massa fermento
Coloque todos os ingredientes na taça, com o acessório amassar/triturar e programe Pastry, P1. No final se a massa se apresentar em bolas e enfarinhada acrescente um pouco de leite e programe Pastry, mas amasse apenas 1 min.
Retire da taça e reserve num recipiente tapado com papel aderente por 10 min. ou até que duplique o volume.

2ª massa
Coloque na taça todos os ingredientes, com o mesmo acessório, e programe Pastry, P1. No final se a massa descolar das paredes (se não, amasse mais um minuto, um minuto e meio) adicione a massa fermento (1ª massa) e volte a programar Pastry, P1.
Em seguida, retire a massa e coloque-a num tabuleiro enfarinhado e deixe levedar em local quente (costumo aquecer o forno a 50º durante algum tempo, depois desligo e coloco o recipiente com a massa para levedar dentro do forno) cerca de 20 a 30 min.
Lave a taça.

Topping
Entretanto prepare o topping, colocando todos os ingredientes na taça com o acessório amassar, 2 min., vel. 4, 100º. Retire e reserve.

Em seguida, depois de levedada a massa, forme bolas em forma de Pão-de-Deus. As bolas deverão levedar 30 a 45 min.
Depois de levedadas, pincele as bolas com ovo batido e coloque o topping.
Leve ao forno pré-aquecido a 180º por 10 a 15 min. Às vezes 20 min.

Modo Tradicional
Proceda como descrito acima, mas amassando a massa fermento e a 2ª massa em recipiente. Coloque a farinha em monte, faça um buraco no meio e coloque os restantes ingredientes. Vá amassando.
Na 2ª massa, coloque primeiro os secos no centro, baunilha e licor e vá adicionando o leite e água gradualmente, à medida que incorpora a farinha.
A massa fica não deverá ficar mole, mas firme, sem pegar às mãos.

Prove e diga o que achou desta maravilhosa receita. Bom apetite!











 








Comentários

  1. Sou como tu, adoro! E gosto deles é assim simples, sem nada! Também fizeram parte da minha infância pois sempre que íamos ao dentista a 50km de casa, a minha mãe comprava-me um! Para comer antes do dentista pois claro! Que depois do dentista era um geladinho bem fresquinho, recomendação do próprio dentista (é contraditório, eu sei!). Ninguém gosta de ir ao dentista mas só para ter direito a um pão de deus e a um gelado, já valia a pena! Que saudades me deu agora! E na verdade nem me lembro quando foi a última vez que comi um! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! Concordo. Assim valia mesmo a ida ao dentista.
      Esse é um dos aspetos que me apaixona na culinária, transportar-nos no tempo, nas nossas memórias!
      Não resisto a estes pães. Se os fizesse mais vezes, acho que já rebolaria rua abaixo, rua acima ihihi.
      Beijinho grande

      Eliminar
  2. Adoro estes bolinhos! Ficaram bem bonitos. Uma boa sugestão para o lanche das crianças.
    Bjs e bom fds.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marta! Já somos duas. Não lhes resisto e os meus pequenotes adoram.
      Obrigada pela visita.
      Beijinho grande e bom fim-de-semana.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Ihihih....minha provadora oficial! Thank you :)

      Eliminar
  4. Que lindos e apetitosos! :) Embora já haja muito tempo que não os como, é um pão que gosto muito, mas em casa nunca tentei fazer. Por norma como em cafés. Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Inês. Obrigada querida :) Vale mesmo a pena fazer. Cá em casa adoramos!
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Adoro pão de Deus ou seja devoro obrigado pela receita bjs

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Obrigada por visitar o blogue e pelo seu contributo. Volte sempre!

As mais vistas