Pão de Mistura em Alguidar de Barro...Uma ceia que soube tão bem saborear!



Pão! Pão de trigo, de milho, de sementes, não importa! Que seja pão. Adoro!
Lembram-se quando partilhei convosco o pão com chouriço que fiz? Naquele dia em que terminei o trabalho mais cedo e a casa estava demasiado vazia; os miúdos ainda não tinham chegado e sentia que faltava qualquer coisa que aquecesse e desse aroma à cozinha, à casa? 
Pois, essa é uma das razões para fazer pão, outra é, na realidade, gostar de fazer pão em qualquer dia ou ocasião.
O cheiro com que a casa fica é acolhedor. O imaginar amassá-lo, moldá-lo, tirá-lo do forno, barrar uma extraordinária manteiga Milhafre (para mim, uma das melhores manteigas do mundo!) faz-me sorrir sem parar (que me desculpe a "linha", pois sei que é um festim calórico!).
E neste fim-de-semana, como em tantos outros dias, houve pão caseiro, daqueles que fazem lembrar a infância, daqueles que nos trazem à memória, as bisavós e avós que os faziam no forno de lenha e nos serviam lanches simples, mas que perduram na nossa lembrança.
Não tenho forno de lenha, mas tenho alguidar de barro. Alguidar de barro é sinónimo de tradição, de ancestralidade, de história. Então decidi experimentar fazer um pão de mistura em alguidar de barro. E ficou tão bom! O barro dá aquele sabor terreno, de pertença.
Primeiro pensei que o deveria ter deixado mais um pouco no forno mas, quando à ceia,  chegámos da II Gala Planeta Mulher e o servi, com leite aos miúdos e com um chá preto com frutos vermelhos para os crescidos, não houve dúvidas. Levou o calor necessário e resultou fofo e com uma crosta crocante mesmo como gostamos (exceto o mais novo que diz logo não gostar de côdea, roendo eficazmente todo o miolo).
Ceia tomada, banho e "toca" a descansar...e assim terminou o nosso sábado.
Espero que gostem!


Ingredientes:
500g farinha trigo T65
200g farinha milho amarela
1 saqueta fermento seco Fermipan (11g)
2 pitadas de sal
1/2 c.chá açúcar
500ml água morna
2 c.sopa azeite
farinha e sêmola p/ polvilhar

Na Cuisine Companion
Coloque todos os ingredientes na taça, com o acessório amassar/triturar e programe Pastry, P1. Deixe levedar na taça 60 min. (40 min. do programa + 20 min. programando 30º).
Retire a massa da taça e coloque em recipiente de barro (alguidar ou outro) barrado com manteiga e polvilhado com farinha abundante. Tape com papel aderente e deixe levedar mais 30 min.
Costumo aquecer o forno um pouco a 50º, depois desligo e deixo levedar dentro do forno.
A massa deverá ficar bem macia e não dura.
Depois de levedar leve ao forno pré-aquecido a 200º por 1h ou até que fique dourado e cozinhado por dentro.

Modo Tradicional
Coloque a farinha no alguidar fazendo um orifício no meio onde coloca os restantes ingredientes secos. Vá adicionando a água e azeite gradualmente, envolvendo e amassando a massa. Deixe levedar como descrito acima (no alguidar) até que dobre o volume.

Sirva com uma manteiga ou compota! Que lanche bom!























Comentários

  1. Não posso, não posso, não posso! O que é isto?! É food porn, sabias? Seduzir uma pessoa desta maneira devia ser proibido! Eu posso resistir a muitas coisas, incluindo doces. Não posso, não consigo, bem quero resistir a pão! Não dá! Linda, vou experimentar esta receita na Bimby! Lá vai a dieta... Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah...fizeste-me rir agora um bom bocado! Também não resisto. Se há pão e manteiga, eu estou lá ihihih. Experimenta e depois diz-me o que achaste.
      Beijinhos querida :)

      Eliminar
  2. Parece broa de milho, adoro!!!
    Tem um aspecto magnifico!!
    Beijinhos.
    https://opecadomoraemcasa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Que pão maravilhoso! Adorei a cor, eu aprecio muito as cores na comida. Manias...Também adoro o cheiro que fica pela casa, quando o pão acaba de cozer...Delicioso. beijinhos

    https://saboresdoninho.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um cheiro maravilhoso! Obrigada minha querida <3 beijinhos

      Eliminar

Publicar um comentário

Obrigada por visitar o blogue e pelo seu contributo. Volte sempre!

As mais vistas