Croissants...Simplesmente deliciosos!



Sempre que cozinho, testo uma nova receita, minha ou de outra pessoa, é como se recebesse alguém novo em casa. Observo-me a organizar os passos para a sua confeção, a preparar utensílios, com o objetivo de conseguir determinado sabor ou textura.
Esta tarefa torna-se mais exigente quando falamos de um prato já feito ou degustado tantas e tantas vezes que a nossa memória indica-nos logo "é este sabor que quero", sem grande margem de flexibilidade.
Croissants! São emblemáticos, não são? Há quem goste deles com massa tipo brioche, há quem goste mais folhados. Cá em casa somos adeptos de todos, mas com uma ligeiras predileção pelos últimos. Que delícia é trincá-los, sentindo as camadas que nos apresentam, simples ou acompanhados de compota ou um bom queijo!
Já fiz diferentes receitas, mas adoro esta da Susy Bimbólica que adaptei à Cuisine Companion da Moulinex e ao modo tradicional, pois combina um pouco dos dois. Fiz uma ligeira adaptação, pois opto pelo fermento seco, neste caso. E é como algumas receitas, como as das donetes, bolo bounty, pão-de-deus e outras que me encantam de tal modo, que não as "largo" mais. São relações para a vida! Porque a cada sensação que nos provocam, elas DÃO, a quem as degusta, como nós damos carinho a quem gostamos. Daí há que respeitá-las e acarinhá-las!
Espero que gostem da sugestão!
Nota: Na transferência das fotos perdi algumas dos passos de confeção, pelo que atualizarei o post com mais algumas fotos na próxima fornada.


Ingredientes (cerca de 12 a 16 croissants, conforme o tamanho):
500g farinha T65
11g fermento seco (1 carteira Fermipan)
125g leite
125g iogurte natural (usei natural açucarado)
3 c. sopa açúcar
1/2 c. chá de sal
2 ovos médios
Corante amarelo (caso queira que tenham uma cor mais intensa - não costumo usar)
2 gemas e leite para pincelar
Margarina ou manteiga q.b. (para pincelar as camadas de massa - por vezes uso a de massa folhada)

Na Cuisine Companion
Coloque na taça o leite, o açúcar e fermento e programe 2 min., 40º, vel.3.
De seguida, adicione os restantes ingredientes e programe P1. Se necessário faça uma ou duas paragens para não esforçar o motor. No final do programa se considerar que a massa ainda está muito pegajosa, junte um pouco mais de farinha envolva mais uns segundos.
Depois retire a massa da taça e forme 8 bolas de tamanho igual. Estique uma a uma com o rolo da massa, como se estivesse a fazer bases de pizza.
Posteriormente pincele cada camada com a manteiga ou margarina derretida, sobrepondo as camadas de massa umas em cima das outras (pincele uma, coloca outra em cima, pincela e assim por diante até terminar os círculos de massa). Não necessita pincelar a última camada.
Estique, depois, com o rolo, a massa até formar um círculo grande.
Corte 12 a 16 triângulos e forme os croissants, enrolando-os da parte mais larga para a mais fina e dando-lhe uma pequena curvatura.
Coloque os croissants num tabuleiro forrado de papel vegetal e deixe-os levedar num sítio morno cerca de 1h (costumo aquecer o forno a 50º, desligo e deixo-os a levedar aí).
Quando levedados pincele com as gemas batidas com um pouco de leite e leve ao forno pré-aquecido a 200º, ajuste depois para os 180º e retire quando estiverem dourados.

Modo Tradicional
Preceda do mesma forma que descrita acima, mas amassando à mão.
Para preparar o fermento, aqueça o leite de modo a que fique morno, adicione o açúcar mexendo para o envolver e, por fim, incorpore o fermento.
Num outro recipiente coloque primeiro a farinha, fazendo um buraco no meio para os restantes ingredientes. Adicione o fermento que preparou e amasse muito bem, até que obtenha uma massa que descola das mãos. Se estiver ainda pegajosa, incorpore um pouco mais de farinha.
De resto proceda igualmente.








Comentários

  1. Isto é daquelas coisas que evito fazer em casa pois não consigo dizer que não a um bom croissant! Mas não resisto a levar a receita destes para experimentar! Ficaram lindos! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo contigo! Muitas das minhas receitas para além dos de casa, distribuo pelo meu grupo de provadores ihihih, mas croissants é daquelas receitas que devoro!! Gosto muito desta receita. É a que utilizo sempre desde que a experimentei.
      Beijinho grande

      Eliminar
  2. Eu devoro croissant....
    Então não faço senão caio na tentação... mas já fiz a da Susy e adorei bjs Sara

    ResponderEliminar
  3. Têm ótimo aspeto! Nunca fiz. Deixas levedar só depois de enrolados. Crescem muito nessa hora?
    Bjs!
    Susana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Susana!
      São ótimos. Vale a pena experimentar.
      Sim, só levedam depois de enrolados e crescem bem nessa hora.
      Adoro esta receita. Beijinhos grandes <3

      Eliminar
  4. Miamiiii! Tivemos a mesma ideia, também fiz croissants ontem mas a receita é diferente, ficam brioche.
    Vou "roubar" esta receita para experimentar :p
    Não conhecia o teu blog mas vou começar a seguir, já me perdi em algumas receitas!
    Beijocas

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Obrigada por visitar o blogue e pelo seu contributo. Volte sempre!

As mais vistas