Trança de Maçã e Canela...Para aquecer o serão!





E esta sexta-feira choveu! Choveu como não chovia há muito! Choveu como muitas e muitas pessoas desejariam que chovesse noutras localidades deste nosso Portugal! E como eu repartiria essa chuva se pudesse.
Choveu de tal modo que quase esqueci que este Outono, disfarçado de Verão, tem trazido sol e calor confundindo o que lhe conhecemos, fustigando floresta e marcando a vida de tantas e tantas pessoas. Que ano! Mas o certo é que esta sexta-feira choveu, como não chovia há muito! 
O dia não permitiu parar para pensar nas ruas inundadas, havia que trabalhar. Mas à noite, à noite em casa, em que já podemos parar para pensar, dou conta que a chuva não fez sofrer e que os trovões que se ouvem reclamam que nos sentemos de sofá, com um chá, aconchegados em família.
O cheiro que se sentia da chuva em contato com a terra, o som que se escutava, pedia mesmo sofá e manta, cada um reclamando um espaço, mas não permitindo que o outro se afastasse. Mas a casa estava fria (não gosto de sentir a casa fria, já vos tinha dito!). Corri para a cozinha. Apetecia pão quentinho. E o forno era a solução! Iria aquecer a casa concerteza. E como ele cumpre a sua função.
Os pequenos queriam um doce, mas não os devendo deixar abusar (o mais pequeno ainda não interiorizou o conceito de limite de açúcar e que não temos que comer até à exaustão) tinha que pensar como agradar a "gregos e troianos". 
Tinha maçãs. Queríamos pão quentinho. A certeza de que o forno iria aquecer a casa estava assente, então nada melhor que esta trança, que teve tanto de bonita, como de gulosa, com um pouco de açúcar mascavado, numa massa adoçicada e um pouco mais densa como gostamos neste tipo de pão, mas deixando o sabor da maçã e canela sobressair de forma tão natural.
E assim se aqueceu o serão...


Ingredientes:
500g farinha T65
100g açúcar
350g leite morno
6g fermento seco Fermipan
1 pitada de sal
3 maçãs
Canela q.b.
Açúcar mascavado q.b. (para camadas e polvilhar)

1 gema (para pincelar)

Na Cuisine Companion
Coloque todos os ingredientes na taça, com o acessório amassar/triturar, exceto as maçãs, canela e açúcar mascavado. Programe Pastry P1. Durante o programa faça algumas paragens para que o motor não entre em esforço.
No final dos 2,30min., retire a massa da taça e trabalhe-a um pouco, acrescentando um pouco de farinha para que a massa deixe de pegar às mãos.
Em seguida, coloque a massa num recipiente enfarinhado e tape com papel aderente. Deixe levedar por 2h ou até que duplique de volume (uso a técnica de pré-aquecer o forno um pouco, depois desligo e deixo a massa levedar no forno).
Quando verificar que a massa está quase levedada, lave as maçãs, descasque, corte em quartos e fatie cada um deles (regue com um pouco de sumo de limão para não oxidarem).
Depois da massa levedada, retire-a do recipiente. Trabalhe um pouco e divida a massa em 3 porções. Com a ajuda do rolo da massa estique cada uma das porções de modo a fazer um retângulo (conforme imagens abaixo). Faça uma camada de fatias de maçã no meio do retângulo, polvilhe com canela e açúcar mascavado e feche o retângulo virando os lado para o meio e pressionando. Repita essa operação para as outras duas porções de massa.
Em seguida, una as tiras com que ficou numa das extremidades e vá cruzando as mesmas de modo a obter uma trança. Deixe a trança descansar cerca de 15 min. e depois pincele com a gema de ovo batida e polvilhe com açúcar.
Leve ao forno pré-aquecido a 200º, num tabuleiro forrado com papel vegetal, tapando a trança com o mesmo papel, de modo a que coza sem queimar por cima. Retire após a trança ter crescido bem para acabar de alourar.
Depois é preparar o chá...ai que delícia!

Modo Tradicional
Proceda do mesmo modo como descrito acima, amassando a massa com as mãos. Para isso disponha a farinha num alguidar, faça um buraco no centro. Coloque os restantes ingredientes e vá adicionando o leite e amassando até obter uma massa que não pegue muito às mãos.
























Comentários

  1. Olá!

    Ficou com um ótimo aspecto, adorei!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Bárbara! Desculpa só responder agora. Beijinho grande

      Eliminar
  2. Essa amiga vinha era aquecer o meu estômago, isso é que era! Maçã e canela são daquelas combinações mais do que perfeitas! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Canela e maçã são um dos meus sabores preferidos, Sara. Imagino o sabor e o aroma desse pão. Parabéns!
    Bj,
    Lylia

    ResponderEliminar
  4. Que trança linda! Ficou com um aspecto mesmo apelativo . Deve ser uma delicia ;)


    De aprendiz a chef

    ResponderEliminar
  5. Está de babar! Adoro esta dupla ;)
    Beijinho

    Blogue Recanto com Tempero

    ResponderEliminar
  6. Está de babar! Adoro esta dupla ;)
    Beijinho

    Blogue Recanto com Tempero

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Obrigada por visitar o blogue e pelo seu contributo. Volte sempre!

As mais vistas