Pão de Alecrim...Delicioso e com um aroma maravilhoso!


 Fazer pão tem algo de mágico. Transformar 3 a 4 ingredientes em algo com interior fofo, crocante por fora e que, ao mesmo tempo, aquece a casa e deixa nela um aroma inconfundível é extraordinário.
Faço muitas vezes pão e o prazer que me dá tirá-lo do forno, esperar irrequietamente que arrefeça um pouco, até poder cortá-lo, barrar uma boa manteiga com compota ou não...que maravilha!
Este que vos trago hoje deu resposta ao ingrediente tema do fim-de-semana - o alecrim. E como vale a pena. Nem consigo traduzir por palavras o aroma que percorria a casa.
Fi-lo com água de cozer batatas, pois ajuda a fermentação, mas poderão fazê-lo com água pura. O certo é que têm de o experimentar. 
Cá em casa desapareceu num ápice, em três tempos. Restou um pouquinho para a manhã seguinte que "escondi" de modo a perceber se se mantinha fofo. Manteve-se fofo e cheio de sabor. Acompanhámos com manteiga e doce de pimenta. Delícia!
Espero que gostem!


 Ingredientes:
500g de farinha T65 s/fermento (usei moagem terceirense)
2 pitadas sal fino
7g de fermento padeiro seco
4 c. chá de manteiga à temperatura ambiente
300 ml de água de cozer batatas morna
Folhas de 1 haste de alecrim com cerca de 15 cm. picadas
Farinha para polvilhar

Na Cuisine Companion
Comece por picar as folhas de alecrim. Reserve.
Na taça, com o acessório, de amassar/triturar, coloque todos os ingredientes, exceto o alecrim.  Deverá ter cuidado e colocar o sal no lado oposto do fermento, de modo a não impedir o fermento de atuar. Programe Pastry P1.
No final do programa retire a massa da taça e transfira para uma superfície enfarinhada. Trabalhe a massa mais uns minutos com as mãos, até que ela fique sem pegar. Vá polvilhando com farinha. Trabalhe a massa fazendo um movimento com a palma da mão para a frente e depois dobre a massa para si. Rode a massa e proceda do mesmo modo. A meio do processo vá adicionando as folhas de alecrim picadas. Adicione um parte, amasse e vá adicionando até que terminem.
Coloque numa taça enfarinhada ou cesto e deixe levedar, tapada com um pano ou papel aderente, cerca de 2 a 3h ou até que dobre de volume. 
Desta vez não levedei dentro do forno que pré-aquecido  a 50º e que depois desligo quando coloco o pão. Deixei a levedar à temperatura ambiente.
Quando levedado coloque num tabuleiro enfarinhado. Polvilhe com farinha. Poderá fazer alguns cortes decorativos. Tape com uma forma de bolo sem buraco grande e leve ao forno pré-aquecido a 250º cerca de 50 min. a 1h. Após esse tempo retire a forma que serve de tampa e deixe estar mais uns 5 a 10 min. ou até que fique dourado.
E está pronto. Depois é só ir fazer o chá, ir buscar a manteiga e o doce!


Modo Tradicional
Comece por picar as folhas de alecrim. Reserve.
Numa taça coloque a farinha. Adicione o sal num dos lados da farinha e o fermento no lado oposto. No centro coloque a manteiga e vá adicionando a água morna aos poucos, à medida que a vai envolvendo. 
Quando tiver envolvido bem a farinha, retire a massa da taça e transfira para uma superfície enfarinhada. Trabalhe a massa mais uns minutos (cerca de 10 min) com as mãos, até que ela fique sem pegar e maleável. Vá polvilhando com farinha. Trabalhe a massa fazendo um movimento com a palma da mão para a frente e depois dobre a massa para si. Rode a massa e proceda do mesmo modo. A meio do processo vá adicionando as folhas de alecrim picadas. Adicione um parte, amasse e vá adicionando até que terminem.
Coloque numa taça enfarinhada ou cesto e deixe levedar, tapada com um pano ou papel aderente, cerca de 2 a 3h ou até que dobre de volume. 
Desta vez não levedei dentro do forno que pré-aquecido  a 50º e que depois desligo quando coloco o pão. Deixei a levedar à temperatura ambiente.
Quando levedado coloque num tabuleiro enfarinhado. Polvilhe com farinha. Poderá fazer alguns cortes decorativos. Tape com uma forma de bolo sem buraco grande e leve ao forno pré-aquecido a 250º cerca de 50 min. a 1h. Após esse tempo retire a forma que serve de tampa e deixe estar mais uns 5 a 10 min. ou até que fique dourado.
E está pronto. Depois é só ir fazer o chá, ir buscar a manteiga e o doce!



















Comentários

  1. Que delícia! Ficou com um aspecto fantástico.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Adoro tb fazer pao o teu ficou 5* adorei bjs

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Obrigada por visitar o blogue e pelo seu contributo. Volte sempre!

As mais vistas