Compota de Malagueta...Deliciosamente perfeita!



Gosto de picante! Não de demasiado picante, apenas o suficiente para me despertar e deixar apaixonada pela frescura que deixa ao saborear alguma receita.
Este fim-de-semana, como acontece em alguns, selecciono um ingrediente tema e cozinho diversos pratos/receitas, ora criadas ora reproduzidos em que esse ingrediente seja o elemento principal do que cozinho. Neste fim-de-semana o ingrediente tema foi a malagueta. 
O supermercado tinha umas quantas caixinhas de maravilhosas malaguetas vermelhas compridas. Não lhe resisti nem um pouco. Defini ali mesmo que elas iram brilhar. 
Comecei por preparar esta compota que vos trago hoje e que serviu como o elemento a marcar presença nas outras receitas elaboradas.
Já todos ouvimos falar, ou quase todos, eventualmente, em doce de pimenta, doce de malagueta. Também eu, aliás usamos cá em casa e adoramos. Já esta compota que vos trago hoje é uma receita MARAVILHOSA! Rapidamente se tornou indispensável ter uns frasquinhos desta maravilha na despensa e que é perfeita para acompanhar queijos, carnes frias...e saiu-se tão bem a contribuir para fingerfood que preparei!
Esta é uma receita de Nigella Lawson e que ela descreve com a mesma intensidade com que o faço. Não tenho o livro em que a receita vem referida e tropecei nela num blogue que adoro e sigo afincadamente, o Lemon & Vanilla da querida Lia.
Espero que gostem. E quando forem às compras tragam umas belas malaguetas e garantam que a vossa despensa passa a ter uns frasquinhos lindos desta iguaria tão saborosa ou para surpreender os vossos oferecendo este miminho!


Ingredientes (rende cerca de 6 frascos de 250ml):
150g de malaguetas vermelhas compridas s/sementes e cortadas em 4 pedaços
150g de pimentos vermelhos s/pedaços e cortados em pedaços grosseiros
1kg de açúcar para doces, i.e., com pectina (não encontrei, usei 40g pectina)
600ml vinagre de cidra (usei 500ml e 100ml água) 

Notas
Para robot de cozinha utilize só 0s 500ml de vinagre de cidra. Não adicione os 100 água.
Nigella Lawson aconselha a que se prepare a compota 1 mês antes de a utilizar ou oferecer (ainda fica mais saborosa).
Dura até 1 ano em local fresco e escuro.
Depois de aberta conservar no frigorífico e consumir até 1 mês.

Na Cuisine Companion
Comece por esterilizar os frascos e respetivas tampas onde vai guardar a compota. Coloco-os em água fervente algum tempo. Retiro com espátula e deixo secar.
Coloque na taça, com o acessório amassar/triturar, as malaguetas cortadas. Dê uns toques de pulse até que as malaguetas fiquem finamente picadas.
Em seguida adicione os pimentos e pique até que obtenha uma mistura fina. Retire a mistura da taça e reserve. Lave a taça.
Leve o açúcar previamente misturado com a pectina (contudo junte a pectina de acordo com as instruções da marca que comprou) ou açúcar para doce à taça com o vinagre de cidra. Programe 90º, 20 min. Findo esse tempo o açúcar estará dissolvido (se não, programe mais algum tempo) e adicione a pasta de malagueta e pimenta. Não mexa com a espátula na compota. Despeje só a mistura. Programe 130º, 20 min. Verifique se a compota já aparece ligeiramente consistente. Se não,programe mais um pouco (tive que programar mais 15 min). No fim do programa deixe a compota descansar na taça destapada por 40 min, sem mexer a compota. 
Ao fim desse tempo verifique se a pectina está bem incorporada (pode ocorrer aglomerar-se alguma geléia nas paredes da taça). Coloque a compota nos frascos. Sele com papel vegetal ou encerado para doces. Feche as tampas e deixe arrefecer virados para baixo para criar vácuo.

Modo Tradicional
Comece por esterilizar os frascos e respetivas tampas onde vai guardar a compota. Coloco-os em água fervente algum tempo. Retiro com espátula e deixo secar.
Com a ajuda de um processador pique as malaguetas até que se apresentem finamente picadas. Depois adicione os pimentos e triture até que obtenha uma pasta fina. Reserve.
Num tacho largo, preferencialmente, coloque o açúcar previamente misturado com a pectina (contudo junte a pectina de acordo com as instruções da marca que comprou) ou açúcar para doce à taça com o vinagre de cidra. Aqueça em lume brando até que o açúcar se apresente dissolvido. 
Sem mexer na compota que está ao lume (pois pode cristalizar a compota), adicione a mistura de malagueta e pimento. Deixe ferver em lume alto por 10 min. a 15 min.
Retire do lume e deixe repousar por 40 min., sem mexer a compota. 
Ao fim desse tempo verifique se a pectina está bem incorporada (pode ocorrer aglomerar-se alguma geléia nas paredes da taça se usou pectina de compra). Coloque a compota nos frascos. Sele com papel vegetal ou encerado para doces. Feche as tampas e deixe arrefecer virados para baixo para criar vácuo.






Comentários

  1. É com certeza uma delícia!!!
    Beijinhos.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  2. Isso não será picante a mais?
    Quando ganhar coragem faço a tua receita.
    Beijinhos

    www.paopaoqueijoqueijo.com

    ResponderEliminar
  3. Uso muito malagueta cá me casa , adoro picante logo ia amar essa linda compota.

    ResponderEliminar
  4. Uma compota assim diferente do habitual e de certeza deliciosa adoro a combinação do picante com o doce. deve estar deliciosa.

    Blog - O Cantinho dos Gulosos

    ResponderEliminar
  5. Que linda ficou.Que cor ...
    Beijinhos bom feriado.
    Elsa

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Obrigada por visitar o blogue e pelo seu contributo. Volte sempre!

As mais vistas