Macarons de Cacau com Recheio de Creme de Pasteleiro de Malagueta


Um dos desafios para quem goste de pastelaria será fazer macarons saborosas, mas também perfeitos, lindos como um macaron sabe ser. E eu vivo com esse desafio, não porque fazer macarons seja a tarefa mais difícil do mundo, não, não é, mas o desafio de acertarmos naquela crosta maravilhosa e interior fofo e acertar na temperatura do nosso cansado forno, isso sim é que é o verdadeiro desafio. Para mais o meu que decidiu há 6 dias apagar-se de vez, a meio de uma alcatra! Mas o velhinho forno a gás entrou na corrida, tudo se resolveu e a alcatra foi para a mesa em fim-de-semana festivo.
Não me dou por vencida, não tenho por hábito fazê-lo e até já fiz macarons bem mais bonitos, mas não posso deixar de partilhar estes que, de sabor, me conquistaram.
Como tinha estado a fazer a compota de malagueta, e como gosto de sabores contrastantes, optei por fazer uns de cacau e malagueta...Yummy!
Espero que gostem da sugestão.


Ingredientes:

Macarons
110 g de amêndoas sem pele ou farinha de amêndoa
200 g de açúcar em pó
40 g de chocolate em pó
90 g de claras envelhecidas (separadas das gemas e mantidas pelo menos dois dias no frigorífico)
1 c. (café) de amido de milho
40 g de açúcar granulado

Creme de Pasteleiro de Malagueta
450ml leite
3 gemas
2 c. sopa de açúcar em pó
1 c. chá de amido de milho
50 g manteiga
150 g de compota de malagueta (receita aqui)

Na Cuisine Companion
Comece por triturar as amêndoas na mini taça por uns 10 seg., caso tenha. Se não, utilize farinha de amêndoa.
Depois adicione o açúcar em pó e o chocolate na taça junto com a farinha de amêndoa e dê 2 ou 3 toques de turbo para misturar. Reserve.
Na taça bem seca e com o acessório batedor bata as claras na vel. 5, por 2 min. e depois passa para vel.7, 7 minutos. No último minuto adicione através do bocal, o amido de milho e o açúcar, aos poucos.
Peneire a mistura de amêndoa e açúcar e adicione às claras de uma vez só. Descarte os pedacinhos de amêndoa que ficarem na peneira. Programe vel. 2, 15 seg. Envolva cuidadosamente alguma farinha que falte com a espátula em movimentos circulares de cima para baixo.
Para o creme de pasteleiro coloque todos os ingredientes na taça com o batedor e programe desserts. Reserve.

Para formar os macarons coloque um bico de pasteleiros com cerca de 1cm de diâmetro no saco de pasteleiro. Transfira o merengue para dentro do saco e aperte bem para retirar todo o ar.

Forre um tabuleiro com papel vegetal. E, com o saco de pasteleiro na vertical, faça montinhos de massa de cerca de 3,5 cm, espaçados cerca de 3 cm entre eles. Poderá desenhar vários círculos usando um copo, por exemplo, mas vire a parte da folha em que desenhou para baixo. Verá os círculos na mesma mas a tinta não se transfere para os macarons quando forem ao forno). No final coloque um pano na bancada e bata com o tabuleiro, para soltar algumas bolhas de ar que a massa possa ter. 
Deixe os macarons repousar num local seco. Uso o forno desligado e sem calor. Repousam de 1/2 a 1 hora, dependendo das condições de temperatura/humidade da cozinha. Os macarons estão prontos quando, ao tocar com o dedo na massa, ela não fica colada.
Leve ao forno pré-aquecido (melhor se for ventilado) na posição do meio, a 150º durante 17 minutos. O tempo é indicativo, os meus levaram 19 minutos, contudo deixo aqui a indicação da receita que utilizei (deixarei link mais abaixo).
Retire o tabuleiro do forno e deixe os macarons arrefecerem por completo. Ao fim de 5 minutos já darão para desenformar, descolando do papel sem problemas.
Quando estiverem completamente frios, recheie com o creme de pasteleiro que preparou.

Modo Tradicional


Triture as amêndoas num processador durante alguns segundos ou utilize farinha de amêndoa.

Adicione o açúcar em pó e o chocolate e triture mais alguns segundos, apenas para misturar. Reserve.
Comece por bater as claras a uma velocidade baixa, para que incorporem ar. Vá aumentando a velocidade e sem deixar de bater adicione lentamente o açúcar granulado.
Continue a bater e adicione o amido de milho. Bata continuamente, agora na velocidade máxima.
O merengue estará pronto quando mergulhar as varas e as claras formarem picos firmes.
Peneire a mistura de amêndoa e açúcar para dentro da taça da batedeira onde tem o merengue. Adicione a mistura de uma vez só. Descarte os pedacinhos de amêndoa que ficarem na peneira.
Com uma espátula, envolva delicadamente em movimentos circulares, de cima para baixo, rodando a taça. A massa está no ponto quando escorrer da espátula tipo lava, com aspeto pastoso, nem muito firme, nem líquido.
Para preparar o creme de pasteleiro, numa tigela misture com batedor de varas as gemas, açúcar em pó, maizena e compota. Coloque o leite ao lume e deixe levantar fervura. Retire e adicione um pouco desse leite à taça onde tem as gemas e restantes ingredientes para "aquecer" o preparado. Depois coloque novamente o tacho ao lume e adicione a mistura de gemas. Mantenha ao lume até ferver um pouco para cozinhar as gemas e ficar firme, mexendo sempre para não criar grumos. Retire do lume e reserve.
Para a continuação da receita siga os passos acima descritos para formar os macarons e recheá-los.

Receita em que me inspirei aqui.






Comentários

  1. Fiz apenas uma vez mas esqueci de deixar repousar e não ficar muito perfeitos mas de sabor estavam bons.
    Esses ficaram lindos e imagino que bem apetitososo.
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  3. Ai a malagueta. Prometo que quando fizer (quando tiver tempo e coragem) faço a tua receita mas... sem malagueta.
    Beijinhos
    Adorei a ideia.

    www.paopaoqueijoqueijo.com

    ResponderEliminar
  4. Raramente como e não desgosto!
    Levo a sugestão!!!bj

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Obrigada por visitar o blogue e pelo seu contributo. Volte sempre!

As mais vistas