Tortellini de Nastúrcios com Recheio de Espinafres e Abóbora Assado...Tão bom!


Se ainda não fez massa fresca caseira tem que experimentar fazê-la! Não há comparação possível de preparar esta massa que se transforma de tantas maneiras possíveis: esparguete, tortellini, lasanha,raviolli e tantas outras formas. Esta capacidade de integrar sabores e formas diferentes transforma este básico, em algo imprescendível de preparar nas nossas cozinhas...estou completamente rendida! E engane-se se lhe parece algo difícil de fazer, pois na realidade não o é. É bastante simples até e não leva muito tempo. Se tiver máquina de esticar massa, ótimo! Mas se não tiver, vai no rolo mesmo e o resultado será espetacular concerteza e ainda com o benefício de exercitar um pouco mais os braços.
Espero que gostem desta sugestão. Adicionei pétalas de flores comestíveis à massa, mas poderão fazer sem, não comprometendo a receita. Para o recheio optei por uma mistura entre espinafres salteados e abóbora assada com um pouquinho de bacon. Sabores de que gosto tanto!
Para servir salpiquei os tortellini com paprika fumada, para lhe dar algum atrevimento no sabor, num mar verde dos espinafres...Tão bom!


Ingredientes (4 pessoas):
300g farinha T65 s/fermento (usei moagem média - da Moagem Terceirense)
3 ovos M
1 c. sopa azeite virgem extra
1 c. sopa água (opcional e apenas se necessário)
Pétalas de 6 nastúrcios 

Recheio
200g espinafre salteado em alho (usei congelado Continente)
150g de abóbora previamente assada
50g de cubos de bacon pequeninos
Azeite q.b.
Sal e pimenta q.b.

Modo Tradicional
Comece por preparar o recheio. Numa frigideira com azeite cozinhe um pouco o bacon em cubos pequenos. Em seguida adicione os espinafres e a abóbora e salteie. Verifique temperos. Deixe apurar bem, quer uma espécie de pasta. No final coloque o recheio a escorrer num escorredor de pano ou escorredor de rede. Antes de utilizar o recheio pressione com uma colher de modo a retirar bem os sucos do salteado. Reserve o suco para utilizar no empratamento.
Coloque a farinha restante em cima da bancada de cozinha bem limpa.
Faça um buraco no centro e adicione o azeite e os ovos, ligeiramente batidos com um garfo. Vá arrastando a farinha do bordo para o centro, amassando até conseguir formar uma massa homogénea. Adicione um pouco de água caso necessário, i.e., se a massa estiver muito seca. não adicionei, não foi necessário. Se, pelo contrário, obtiver uma massa demasiado mole, adicione um pouco mais de farinha. Quando a massa já estiver mais macia vá adicionando as pétalas de flores para as ir incorporando, mas sem correr o risco de trabalhar em demasia a massa.
Forme uma bola com a massa, embrulhe em papel aderente ou tape com um recipiente e deixe repousar à temperatura ambiente durante 15 a 30 minutos. É importante respeitar este tempo de repouso, para que a massa perca tensão e seja mais fácil de estender. Após o período de repouso, divida a massa em 4 ou 6 porções.
Espalme cada porção com a mão antes de a passar na máquina, começando pelo nível 0. Dobre a massa que obtiver em três e repita o processo no nível 0. Passe a massa, gradualmente, até obter a espessura desejada (para este tipo de massa passei apenas até ao nível 6 como aconselhado pelo Rui Ribeiro). Polvilhe a massa com um pouco de farinha sempre que necessário para evitar que esta se agarre e seja mais fácil de trabalhar.
Assim que tiver as lâminas de massa estendidas (é importante recolher a massa à medida que sai cortada, e polvilhar com um pouco de farinha para evitar que se cole) coloque na bancada enfarinhada. Corte as placas ou lâminas de massa em quadrados do tamanho que preferir fazer os tortellini. Depois de recortados os quadrados, coloque um pouco de recheio no meio e una dois vértices opostos do quadrado de massa, criando um triângulo. Em seguida vire a ponta do triângulo em cima para o lado contrário. Depois una as duas pontas em círculo no sentido oposto em que dobrou o outro vértice do triângulo. Repita para toda a massa ou para a quantidade de tortellinis que pretende fazer.
Assim que tiver toda a massa formada e cortada, pode utilizá-la imediatamente, cozendo-a numa panela com água abundante e sal durante uns 3 minutos. Deverá colocar a massa apenas quando a água estiver a ferver com o sal (10g por 100g massa).
Poderá ainda deixar secar a massa, abundantemente polvilhada com farinha, durante uma hora e guardá-la num saco hermético ou recipiente tapado no frigorífico. Dura até 3 dias.
Se quiser guardá-la mais tempo deverá deixá-la secar durante 24h.
Pode também congelá-la, mantendo a sua hidratação, levando em sacos herméticos ao congelador. Transfira a massa para sacos de congelação quando congeladas. Só a massa dura até 3 meses, contudo tenha atenção que aqui utiliza recheio que não deve ser conservado para além do seu período de validade. Quando a confecionar, cozinhe diretamente do congelador.
Se não tiver máquina de esticar massa, utilize o rolo de cozinha e estique a massa o máximo que conseguir. Corte a massa no formato que pretender com a ajuda de um cortador de massa ou faca.
Sirva os tortellinis regados com os sucos do salteado que reservou que tem uma cor verde linda dos espinafres e os sabores que apurou. Poderá polvilhar os tortellini com um pouco de paprika fumada.

Na Cuisine Companion
Comece por preparar o recheio. Coloque na taça o azeite e bacon (cerca de 40ml) como o acessório misturador. Programe SlowCook P1. Em seguida adicione os espinafres e a abóbora e programe novamente SlowCook P1. Verifique temperos. Deixe apurar bem, quer uma espécie de pasta, no programa SlowCook P3. No final, verifique se necessita mais tempo. Coloque o recheio a escorrer num escorredor de pano ou escorredor de rede. Antes de utilizar o recheio pressione com uma colher de modo a retirar bem os sucos do salteado. Reserve o suco para utilizar no empratamento.
Coloque todos os ingredientes para confecionar a massa pela ordem descrita acima na taça, com o acessório triturar, amassar, exceto as pétalas de flores. Programe Pastry P1 e altere o tempo para 2 min.
Para continuar proceda como descrito acima.














Comentários

  1. Minha habilidade não chega a tanto mas ia gostar de provar!
    bj

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Obrigada por visitar o blogue e pelo seu contributo. Volte sempre!

As mais vistas