Bolo de Fruta Cristalizada


Bolos de frutas há muitos! E há muitos bolos de fruta dos quais gosto.
Este fiz mal cheguei de viagem e cheia de saudades da família e da minha cozinha.
Queria cozinhar! Sentia falta dos aromas, do barulho dos tachos e do meu caderninho de notas.
Fiz salada, fiz sopa e faltava um docinho. Um deles, este bolo, nasceu porque tinha fruta cristalizada para aproveitar. E porque fruta cristalizada me faz lembrar o Natal. E cá em casa tentamos que a velha máxima "Natal é todos os dias" não seja simplesmente uma frase que se diz por hábito.
Queria fazer um bolo, mas um bolo que trouxesse quase a memória do bolo-rei, sem o ser, e sem uma massa de levedar.
Ingredientes para a bancada, escolha de quantidades, confeção e teste por dois, três dias (ficou ainda mais saboroso nos dias seguintes!).
Que mais poderia querer para mimar a família? Aromas pela casa; forno aceso; bolo cheio de cor e muito sabor no paladar.
Que tenham um dia feliz e saboroso!


Ingredientes (para 2 formas de bolo inglês de 13x23):
3 ovos M inteiros
3 gemas M
3 claras M
1 pitada de sal
125g manteiga
400g açúcar
350g fruta cristalizada variada + farinha para envolver a fruta
120ml leite
2 limões (raspa de 2, sumo de 1+1/2)
1 c. chá gengibre em pó
500g farinha T65 s/fermento
1 c. chá fermento
Compota de pêssego q.b. para barrar

Na Cuisine Companion
Pique as frutas e envolva em 2 a 3 colheres de sopa de farinha. Reserve.
Bata as 3 claras em castelo na taça, com o acessório batedor, com uma pitada de sal, 6 a 7 min. na velocidade 7 e sem a tampa de reguladora de vapor. Retire da taça e reserve.
De seguida bata as gemas e os ovos inteiros com o açúcar até que a massa se apresente esbranquiçada e fofa, programando vel. 7, 7 min.
Depois programe vel. 6, 2 min. e vá adicionando a manteiga gradualmente pelo bocal da tampa.
A seguir adicione os restantes ingredientes, exceto as frutas e a farinha e fermento. Programe vel. 6, 3 min.
Findo esse tempo adicione a farinha misturada com o fermento, previamente peneirada, e programe vel. 4, 30 seg. Termine de envolver a farinha com a ajuda de uma espátula.
Envolva depois neste preparado as frutas cristalizadas. 
Termine envolvendo as claras em castelo cuidadosamente.
Leve ao forno pré-aquecido a 170º, numa forma untada com desmoldante ou manteiga e farinha. Coloque uma folha de papel vegetal na forma, que unta também, de modo a desenformar bem. Basta que a folha cubra o fundo e as laterais.
Asse o bolo por cerca de 1h/1h10 ou até que o palito saia seco.
Depois de pronto deixe arrefecer um pouco e desenforme.
Aqueça a compota de pêssego e barre o bolo. Ficará com um bolo de crosta brilhante.

Modo Tradicional
Pique as frutas e envolva em 2 a 3 colheres de sopa de farinha. Reserve.
Bata as 3 claras em castelo com uma pitada de sal. Reserve.
De seguida bata as gemas e os ovos inteiros com o açúcar até que a massa se apresente esbranquiçada e fofa.
Depois vá adicionando a manteiga gradualmente.
A seguir adicione os restantes ingredientes, exceto as frutas e a farinha e fermento. Bata até envolver.
Findo esse tempo adicione a farinha misturada com o fermento, previamente peneirada. Bata cerca de 30seg. em velocidade média baixa. Termine de envolver a farinha com a ajuda de uma espátula.
Envolva depois neste preparado as frutas cristalizadas. 
Termine envolvendo as claras em castelo cuidadosamente.
Leve ao forno pré-aquecido a 170º, numa forma untada com desmoldante ou manteiga e farinha. Coloque uma folha de papel vegetal na forma, que unta também, de modo a desenformar bem. Basta que a folha cubra o fundo e as laterais.
Asse o bolo por cerca de 1h/1h10 ou até que o palito saia seco.
Depois de pronto deixe arrefecer um pouco e desenforme.
Aqueça a compota de pêssego e barre o bolo. Ficará com um bolo de crosta brilhante.










Comentários

  1. Que lindo ficou este bolo. Deve ter ficado delicioso.
    Beijinhos

    www.paopaoqueijoqueijo.com

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Obrigada por visitar o blogue e pelo seu contributo. Volte sempre!

As mais vistas